Vespa da Figo (Pegocapus spp.)

Escrito por: Remi Hogar

|

|

Tempo de leitura 12 min

A vespa do figo (Pegocapus spp.) é essencial para a polinização dos figos , formando uma relação simbiótica vital. De tamanho minúsculo , essas vespas depositam seus ovos nos figos , onde as larvas se desenvolvem. Este processo garante não só a reprodução da vespa, mas também a produção de figos de alta qualidade. Seu ciclo de vida inclui as fases de ovo, larva, pupa e adulto. A conservação destas vespas é crucial para os agricultores, uma vez que a sua presença impacta diretamente a produção de figo.

Vespa da Figo

🔍 Características gerais da Vespa-figueira

🔍 A vespa do figo (Pegoscapus spp.) é uma pequena vespa que desempenha um papel crucial na polinização dos figos. Este inseto possui características únicas que facilitam sua interação com os figos, garantindo a reprodução tanto da vespa quanto da planta.

Características físicas da vespa da figueira

As vespas da figueira apresentam uma série de características distintivas que permitem a sua identificação e estudo:


  • Tamanho: A vespa do figo é minúscula, geralmente medindo entre 1 e 2 milímetros, o que permite entrar facilmente nos figos.

  • Coloração: Essas vespas costumam apresentar uma cor que varia do marrom escuro ao preto, facilitando sua camuflagem no ambiente natural dos figos.

  • Asas: As asas da vespa-das-figueiras são transparentes e relativamente grandes em proporção ao seu corpo, permitindo-lhe voar com agilidade para encontrar figos adequados para a polinização.

  • Corpo: O corpo da vespa do figo é alongado e fino, adaptado para se mover dentro dos estreitos limites do figo.

  • Cabeça: A cabeça da vespa do figo é pequena, dotada de olhos compostos que proporcionam boa visão para navegar e encontrar figos.

  • Antenas: As antenas dessas vespas são longas e segmentadas, sensíveis a odores e feromônios que as ajudam a localizar figos e parceiros de acasalamento.

  • Pernas: As patas da vespa do figo são finas e adaptadas para agarrar-se às superfícies do figo, facilitando sua movimentação durante a postura dos ovos.


Estas características físicas não só distinguem a vespa do figo de outras espécies de vespas, mas também são essenciais para o seu papel na polinização dos figos e no desenvolvimento de larvas de vespas nos figos.

🌍 Papel ecológico da vespa da figueira

🌍 A vespa do figo (Pegocapus spp.) desempenha um papel crucial no ecossistema devido à sua relação simbiótica com os figos. Esta relação não só garante a reprodução da vespa do figo, mas também é vital para a polinização e o desenvolvimento dos figos.

Polinização de Figos

A vespa do figo é o principal polinizador dos figos. Este processo é complexo e altamente especializado.


  • Mecanismo de polinização: A vespa fêmea do figo entra no figo através do ostíolo, uma pequena abertura no fruto. Enquanto procura um local para depositar seus ovos, a vespa carrega consigo pólen de outros figos que já visitou. Este pólen é transferido para as flores internas do figo, fertilizando as flores e permitindo o desenvolvimento de sementes viáveis. Este processo garante que o figo possa produzir sementes e continuar o seu ciclo de vida.

  • Relação simbiótica com os figos: A relação entre a vespa do figo e os figos é um exemplo de mutualismo, onde ambas as espécies se beneficiam. Os figos fornecem um local seguro e nutritivo para o desenvolvimento de larvas de vespas nos figos, enquanto as vespas garantem a polinização dos figos. Sem a polinização das vespas do figo, os figos não seriam capazes de produzir sementes de forma eficaz e, sem os figos, as vespas não teriam um local adequado para se reproduzir.

Impacto no ecossistema

O impacto da vespa do figo vai além da polinização dos figos, afetando positivamente todo o ecossistema.


  • Benefícios ecológicos: A polinização dos figos pelas vespas do figo contribui para a biodiversidade e estabilidade dos ecossistemas onde estes frutos crescem. Os figos são uma fonte alimentar essencial para muitas espécies de animais, incluindo aves e mamíferos, que dependem destes frutos para a sua nutrição. Ao garantir a polinização dos figos, as vespas contribuem indiretamente para a subsistência de outras espécies.

  • Interações com outras espécies: Além da relação direta com os figos, a vespa do figo interage com diversas outras espécies do ecossistema. Predadores naturais de vespas, como certos tipos de insetos e pássaros, dependem das vespas do figo como fonte de alimento. Estas interações criam uma rede complexa de relações ecológicas que sustentam a saúde e o equilíbrio do ecossistema.

🕧 Ciclo de vida da vespa-figo

🕧 O ciclo de vida da vespa do figo é um processo fascinante e altamente especializado que garante a continuidade das espécies e dos figos que polinizam. Este ciclo consiste em várias fases claramente definidas: ovo, larva, pupa e adulto.


Estágios de desenvolvimento:

  • Ovo: A vespa do figo põe seus ovos dentro dos figos através de uma pequena abertura chamada ostíolo. Este processo é fundamental, pois os ovos ficam protegidos e têm acesso aos nutrientes necessários ao seu desenvolvimento. A duração da fase de ovo é geralmente curta, geralmente alguns dias.

  • Larva: Assim que os ovos eclodem, as larvas das vespas nos figos começam a se alimentar do tecido interno do figo. Nesta fase, as larvas crescem e desenvolvem-se rapidamente, utilizando os recursos do figo para obter a energia necessária. Esta fase pode durar várias semanas, dependendo das condições ambientais e da disponibilidade de nutrientes.

  • Pupa: Após a fase larval, as larvas se transformam em pupas. Durante a fase pupal, que também ocorre no interior do figo, as vespas passam por metamorfose completa, desenvolvendo características físicas adultas. Esta fase pode durar de uma a duas semanas.

  • Adulto: Finalmente, emergem adultos totalmente formados da vespa do figo. As vespas adultas emergem do figo em busca de novos figos onde possam repetir o ciclo de vida. Os adultos vivem um tempo relativamente curto, mas durante esse período seu principal objetivo é se reproduzir e encontrar figos adequados para depositar seus ovos.

🐝 Reprodução e Desenvolvimento da Vespa-figueira

🐝 A vespa do figo (Pegoscapus spp.) possui um ciclo reprodutivo altamente especializado que garante a continuidade de sua espécie e o desenvolvimento dos figos. Esse processo inclui o acasalamento e a deposição dos ovos no interior dos figos, onde se desenvolvem as larvas.

Processo de Reprodução

A reprodução da vespa-da-figueira é um processo complexo que envolve vários comportamentos específicos.


  • Modo de reprodução: As vespas-do-figo fêmeas adultas procuram figos verdes onde possam depositar seus ovos. Utilizando seu ovipositor, estrutura especializada, introduzem os ovos no figo através do ostíolo. Esse processo garante que os ovos fiquem protegidos e tenham acesso aos nutrientes necessários ao seu desenvolvimento.

  • Comportamento de acasalamento: O acasalamento da vespa da figueira geralmente ocorre dentro da figueira. Os machos, que emergem dos ovos antes das fêmeas, procuram as fêmeas recém-emergidas para acasalar. Após o acasalamento, os machos costumam morrer dentro do figo, enquanto as fêmeas fecundadas saem em busca de novos figos onde possam depositar seus ovos, carregando consigo o pólen que fecundará as novas flores do figo.

Desenvolvimento de larvas de vespas em figos

O desenvolvimento de larvas de vespas nos figos é uma parte essencial do ciclo de vida da vespa do figo e da polinização do figo.


  • Desenvolvimento dentro do figo: Assim que a fêmea põe os ovos dentro do figo, as larvas emergem e começam a se alimentar do tecido interno do figo. Este ambiente fechado e nutritivo fornece tudo o que é necessário para o crescimento das larvas. Durante esta fase, as larvas passam por várias mudas antes de se transformarem em pupas.

  • Interação entre larvas e figos: As larvas de vespas nos figos têm uma relação simbiótica com o fruto. À medida que as larvas se alimentam e crescem, contribuem para o desenvolvimento dos figos, estimulando a produção de sementes. Essa interação garante que tanto o figo quanto as vespas sejam beneficiados. Quando as larvas se desenvolvem completamente, elas pupas dentro do figo e eventualmente emergem como vespas adultas prontas para continuar o ciclo.


O processo de reprodução e desenvolvimento da vespa do figo não é apenas essencial para a sobrevivência da espécie, mas também para a produção eficaz de figos, tornando esta relação um exemplo perfeito de coevolução e mutualismo na natureza.

🙋 Importância para os humanos

🙋 A vespa do figo (Pegocapus spp.) tem grande relevância para o ser humano, principalmente no contexto do cultivo do figo. O seu papel na polinização afeta diretamente a qualidade e a quantidade da produção de figo, o que tem impacto na agricultura e no mercado destes frutos.

Cultivo de Figo

A vespa do figo é essencial para a polinização e, portanto, para o sucesso do cultivo do figo. Esta relação simbiótica apresenta benefícios e desafios para os agricultores.


  • Influência na qualidade e produção dos figos: A polinização realizada pelas vespas do figo é fundamental para a formação de sementes no interior dos figos, o que melhora a sua qualidade. Os figos polinizados tendem a ser maiores, mais doces e suculentos, características muito valorizadas no mercado. Sem a intervenção da vespa do figo, muitos figos não se desenvolveriam adequadamente, resultando em menor produção e menor qualidade dos frutos.

  • Benefícios e desafios para os agricultores: A presença da vespa do figo nas culturas oferece vários benefícios. Os agricultores podem desfrutar de frutos de melhor qualidade e uma colheita maior graças à polinização natural. Além disso, esta relação simbiótica reduz a necessidade de intervenções artificiais para garantir a polinização.


No entanto, também existem desafios. A dependência das vespas dos figos para a polinização significa que quaisquer factores que afectem as populações de vespas, como o uso de pesticidas ou mudanças climáticas, podem ter um impacto negativo na produção de figos. Os agricultores devem gerir cuidadosamente as suas práticas agrícolas para proteger e encorajar a presença destas vespas, garantindo assim a continuidade da polinização.

Como matar vespas de forma rápida e eficaz

Spray inseticida para vespas, vespas e vespas asiáticas 750 ml Remi


🐝O spray inseticida Remi Avispas (Fly C) é altamente eficaz na eliminação de vespas, vespas e insetos voadores em geral. Sua fórmula também é eficaz contra vespas asiáticas. Este produto é adequado para utilização no exterior, incluindo telhados, beirais, terraços, janelas, sótãos, frestas, calhas, entre outros. Seu diâmetro de ação abrange até 5 metros, garantindo proteção ampla e eficaz contra pragas de vespas e outros insetos voadores.


APLICATIVO


É importante ler atentamente o rótulo do produto antes de usar. Não deve ser pulverizado em alimentos ou utensílios de cozinha, nem em superfícies onde os alimentos são manuseados, preparados ou serão servidos ou consumidos. Evite aplicar o produto na presença de pessoas e/ou animais de estimação. Recomenda-se ventilar adequadamente a área antes de entrar no ambiente onde foi realizada a aplicação.


COMPOSIÇÃO QUANTITATIVA POR 100 g

Tetrametrina………..0,10%Permetrina………..0,10%Butóxido de piperonila………..0,40%Solvente e propelente csp.....100%

💬 Recomendações de uso do Spray Inseticida.


  • A aplicação aérea do produto deve ser direcionada para os cantos superiores do recinto, evitando pulverizar diretamente sobre objetos.
  • Para tratar ninhos de vespas, o produto deve ser pulverizado, direcionando a saída para a área onde está localizado o ninho de vespas, preferencialmente fazendo esta ação à noite.
  • Após o tratamento, é importante limpar e enxaguar com água potável as superfícies que possam entrar em contato com pessoas, principalmente crianças.
  • É fundamental evitar o contato com superfícies que tenham sido tratadas ou expostas ao produto.
  • O produto não deve ser aplicado junto com outros produtos químicos.
  • Recipientes vazios, restos de produtos e quaisquer outros resíduos gerados durante a aplicação devem ser considerados resíduos perigosos.
  • É importante descartar esses resíduos de acordo com as normas vigentes.
  • Esses resíduos não devem ser descartados em pisos não pavimentados, cursos d'água, pias ou ralos.

Armadilha ecológica para vespas com atrativo


Informação do produto.

  • Uma armadilha reutilizável projetada para capturar vespas, vespas, moscas e moscas.
  • Totalmente amigo do ambiente e reutilizável, o nosso atrativo permite-lhe manter o seu jardim livre de insetos irritantes como vespas, vespas, moscas e moscas.

Instalação fácil:

  • Despeje aproximadamente 100 ml de atrativo de vespas na armadilha.
  • Adicione entre 100 e 150 ml de água, enchendo o sifão até o nível indicado e feche-o.
  • O ideal é colocar a armadilha em uma área com sombra, perto de áreas onde você tenha problemas com esses insetos.
  • Repita este procedimento quando o nível do atrativo cair devido à evaporação ou quando a armadilha estiver cheia de insetos presos.
  • A instalação ideal é colocar uma armadilha a cada 10 metros lineares.

Dispensador Aerossol Preben Branco 250ml




O mini dispensador LCD da Masso oferece grande flexibilidade de programação, permitindo um controle completo e personalizado para todas as aplicações. É fácil de programar e a linha Preben permite selecionar intervalos de 5, 10 ou 15 minutos, bem como horário de início e término e frequência de pulverização. Com este sistema, as necessidades individuais de cada cliente podem ser atendidas.



Uma carga de 250 ml pode durar aproximadamente 30 dias no modo spray de 15 minutos e uso de 24 horas. As baterias de 2 células podem durar aproximadamente 60 dias com o mesmo método de uso.

❗ A mentira do veneno para vespas e o Repelente Caseiro

É muito comum buscar remédios caseiros contra vespas na internet com a intenção de agir mais rápido e economizar dinheiro. Mas muitas vezes não prestamos atenção na qualidade dos produtos ou na confiabilidade das pessoas que nos aconselham a seguir esses passos. Estes são alguns dos mitos que são vendidos na internet prometendo eficácia imediata e resultados espetaculares, mas que na verdade não servem para nada. Aqui deixamos 3 recomendações caseiras para espantar vespas que não são verdadeiras.

⛔ Espantar vespas com vinagre


Outra possibilidade para se livrar das vespas é criar uma armadilha com vinagre. É um remédio caseiro que não custa muito e você pode fazer sozinho. Para isso, você precisa cortar uma garrafa de água e colocar vinagre. A única coisa que você deve fazer é deixá-la ao ar livre por um tempo prudente para que as vespas caiam na garrafa.

Use aromas cítricos.

O limão e a laranja ajudarão a repelir as vespas, pois esse cheiro é muito forte. Você pode colocá-los na sua cozinha para torná-lo mais eficaz.

Use objetos que refletem luz .

Um método para espantá-las é pendurar objetos que reflitam luz na sua janela ou em um galho de árvore, pois emite um comprimento de onda que as cega e as afasta.

Perguntas Frequentes Sobre a Vespa dos Figos (Pegoscapus spp.)

Como se chama a vespa que poliniza o figo?

A vespa que poliniza o figo é chamada de "Vespa do figo" ou "Blastophaga psenes". Esta relação simbiótica entre a figueira e a vespa é fundamental para a reprodução da planta, pois as fêmeas da vespa introduzem os ovos nas flores do figo, permitindo a polinização e o desenvolvimento das sementes no fruto.

Que benefício as vespas trazem para as figueiras?

As vespas, especificamente a "Vespa do figo" (Blastophaga psenes), proporcionam um benefício crucial às figueiras ao realizar a polinização de suas flores. Esta relação simbiótica é essencial para a reprodução da planta, pois as fêmeas da vespa introduzem os ovos nas flores do figo, permitindo a polinização e o desenvolvimento das sementes no fruto. Sem a presença dessas vespas, a maioria das figueiras não produziria frutos viáveis.

Que inseto entra no figo?

O inseto que entra no figo é conhecido como a "Vespa do figo" (Blastophaga psenes). Esta relação simbiótica entre a figueira e a vespa é essencial para a reprodução da planta. As fêmeas da vespa do figo introduzem seus ovos nas flores do figo, o que permite a polinização e o desenvolvimento das sementes no fruto. Em troca, as larvas da vespa se desenvolvem dentro do figo, completando seu ciclo de vida.

Que tipo de vespas são perigosas?

As vespas mais perigosas tendem a ser as sociais, como a comum e a alemã, e as asiáticas, como a vespa asiática. Também é necessário ter cuidado com as vespas caçadoras, como as do gênero Pepsis e Tarântula, devido à sua picada dolorosa. É importante evitar contato com essas vespas e buscar atendimento médico se ocorrer uma picada grave.