Tarântulas Caçadoras de Vespas (Pompilidae)

Escrito por: Remi Hogar

|

|

Tempo de leitura 10 min

A vespa caçadora de tarântulas (Pompilidae) é conhecida por sua capacidade de caçar e paralisar tarântulas, utilizando-as como alimento para suas larvas. De cor preta ou azul metálica e medindo entre 1,5 e 5 cm , estas vespas predominam em regiões quentes e áridas, especialmente no sul e leste de Espanha. Sua mordida é dolorosa, mas raramente perigosa para os humanos. Os métodos de controlo incluem o controlo natural, o controlo químico, a prevenção e a gestão profissional, garantindo um equilíbrio ecológico adequado.

Vespa caçando tarântulas Pompilidae

🔍 Características e comportamento da vespa caçadora de tarântula (Pompilidae)

🔍 As vespas caçadoras de tarântulas da família Pompilidae são conhecidas por sua impressionante capacidade de caçar e paralisar tarântulas. Abaixo, descrevemos suas características físicas e comportamento.

Aparência física

A vespa caçadora de tarântulas tem uma aparência imponente que a torna facilmente reconhecível:


  • Cor: Preto ou azul metálico.

  • Tamanho: Entre 1,5 e 5 cm de comprimento.

  • Asas: Transparentes ou com tom esfumado.

  • Antenas: Longas e finas.

Comportamento

O comportamento da vespa caçadora de tarântulas é tão fascinante quanto sua aparência. Aqui destacamos seus principais hábitos:


  • Predação: Especializadas na caça de tarântulas, as vespas da família Pompilidae procuram ativamente essas aranhas para imobilizá-las e utilizá-las como alimento para suas larvas.

  • Reprodução: Utilizam tarântulas paralisadas como alimento para suas larvas. A fêmea põe um ovo na tarântula e, quando a larva eclode, se alimenta do corpo da aranha.

  • Voo: Podem voar grandes distâncias em busca de presas, demonstrando notável resistência e habilidade de caça.

🌍 Habitat e distribuição da vespa caçadora de tarântula (Pompilidae)

🌍 A vespa caçadora de tarântula é uma espécie adaptada a diversos ambientes ao redor do mundo, apresentando notável capacidade de sobreviver em diferentes condições climáticas. A seguir detalha-se a sua distribuição global e a sua presença específica em Espanha.

Distribuição Global

A vespa caçadora de tarântulas da família Pompilidae é encontrada em diversas regiões do mundo, com presença notável em áreas tropicais e subtropicais. Estas vespas preferem climas quentes devido à abundância de tarântulas, suas principais presas, nestas áreas. Pode ser encontrado em:


  • América do Norte e do Sul

  • África

  • Ásia

  • Austrália

  • Europa, embora em menor grau em comparação com outras regiões

Vespa caça tarântulas na Espanha

Em Espanha, a vespa caçadora de tarântulas adaptou-se a vários habitats, mas mostra preferência por zonas áridas e quentes. Estas áreas proporcionam o ambiente ideal para a caça de tarântulas e reprodução de vespas. As características específicas do seu habitat em Espanha incluem:


  • Zonas áridas: Regiões com pouca vegetação, onde as tarântulas costumam fazer seus ninhos subterrâneos.

  • Zonas Quentes: Climas quentes e secos, típicos do sul e leste de Espanha, que favorecem a atividade das vespas.


A vespa caça tarântulas na Espanha, predominando especialmente em:


  • Andaluzia: Com o seu clima quente e seco, é um habitat ideal para estas vespas.

  • Múrcia: Outra região quente onde a vespa caçadora de tarântulas é encontrada em abundância.

  • Comunidade Valenciana: Caracterizada por altas temperaturas e condições áridas, favorece a presença destas vespas.


Estas regiões não só proporcionam um clima favorável, mas também uma abundância de tarântulas, permitindo que a vespa caçadora de tarântulas em Espanha prospere e cumpra o seu papel no ecossistema, controlando a população de aranhas e mantendo o equilíbrio ecológico.

Ciclo de vida da vespa caçadora de tarântula (Pompilidae)

O ciclo de vida da vespa caçadora de tarântulas é um processo fascinante que destaca seu comportamento especializado e sua relação com as tarântulas. Abaixo, descrevemos as principais etapas de seu ciclo de vida.


  • Reprodução: A reprodução da vespa caçadora de tarântulas começa com a busca ativa de tarântulas pelas fêmeas. Essas vespas localizam tarântulas em suas tocas ou durante sua atividade noturna. Uma vez localizada a presa, a vespa caçadora de tarântulas usa seu poderoso ferrão para paralisar a tarântula. Com a tarântula imobilizada, a fêmea deposita um ovo no corpo da aranha, garantindo o abastecimento alimentar para sua futura prole.

  • Desenvolvimento Larval: O desenvolvimento larval da vespa caçadora de tarântula é um processo crítico para a sobrevivência da espécie. Após eclodir do ovo, a larva começa a se alimentar da tarântula imobilizada. Nessa fase, a larva consome o tecido da aranha gradativamente, evitando inicialmente os órgãos vitais para manter a presa viva o maior tempo possível. Esse processo pode levar várias semanas, dependendo do tamanho da tarântula e das condições ambientais.

  • Adultos: Depois que a larva completa seu desenvolvimento e consome comida suficiente, ela entra na fase de pupação dentro de um casulo protetor. Ao final desta fase, emerge como um adulto totalmente desenvolvido. Os adultos da vespa caçadora de tarântulas são reconhecíveis por sua cor e tamanho característicos. Os adultos dedicam-se à busca de novas presas e à reprodução, fechando assim o ciclo de vida da vespa caçadora de tarântulas.

⛔ Tarântulas de caça a picada de vespa

A picada da vespa caçadora de tarântula é uma das características mais notáveis ​​desta espécie. Embora seja temida por muitos devido à sua dor intensa, é importante compreender o seu perigo, sintomas e tratamento adequado.

Perigo

A picada da vespa tarântula é dolorosa, mas raramente perigosa para os humanos. Apesar de seu tamanho e reputação assustadora, a picada geralmente não representa um risco sério à saúde, a menos que a pessoa afetada seja alérgica ao veneno de vespa. Na maioria dos casos, a dor intensa é o principal efeito adverso.

Sintomas

Os sintomas de uma picada de vespa tarântula incluem:


  • Dor intensa: Imediatamente após a mordida, uma dor aguda e penetrante é sentida na área afetada.

  • Inchaço: A área ao redor da picada pode ficar consideravelmente inchada, acompanhada de vermelhidão.

  • Vermelhidão: A pele na área da picada fica vermelha e pode ficar quente ao toque.

Tratamento

O tratamento para uma picada de vespa tarântula envolve medidas básicas para aliviar a dor e a inflamação. As seguintes etapas são recomendadas:


  • Limpeza: Lave a área afetada com água e sabão para prevenir infecções.

  • Gelo: aplique uma bolsa de gelo enrolada em um pano na picada para reduzir o inchaço e a dor.

  • Medicamentos: Tome analgésicos como ibuprofeno ou paracetamol para aliviar a dor. Em casos de reação alérgica, pode ser necessário um anti-histamínico.

  • Observação: Monitore a picada e procure atendimento médico caso os sintomas persistam ou piorem, principalmente se ocorrerem sinais de reação alérgica grave.

Métodos de controle

Embora a vespa caçadora de tarântulas desempenhe um papel crucial no controlo das populações de tarântulas, em algumas situações pode ser necessário implementar métodos de controlo para gerir a sua presença. Abaixo estão alguns métodos eficazes para controlar essas vespas.

Controle Natural

O controle natural da vespa caçadora de tarântulas envolve encorajar a presença de seus predadores e competidores naturais. Algumas aves, répteis e outros insetos podem ajudar a manter a população destas vespas sob controle.

Controle Químico

Em situações em que a presença da vespa caçadora de tarântulas se torna um problema significativo, podem ser utilizados inseticidas específicos. É importante seguir as recomendações de uso e considerar os impactos ambientais antes de aplicar produtos químicos. Recomenda-se consultar um profissional para determinar o melhor curso de ação.

Prevenção

A prevenção é fundamental para minimizar a interação com a vespa caçadora de tarântulas. Aqui estão algumas dicas:


  • Remoção de abrigos: Reduzir os locais onde as tarântulas podem nidificar, como pilhas de madeira e detritos, diminui a probabilidade de atrair vespas caçadoras de tarântulas.

  • Vedação de entradas: Certifique-se de que janelas, portas e outras possíveis entradas de edifícios estejam bem vedadas para evitar a entrada de vespas.

  • Controle de tarântulas: Manter a população de tarântulas nas áreas vizinhas sob controle também pode ajudar a reduzir a presença da vespa caçadora de tarântulas.

Gestão Profissional

Em casos de infestação grave, recomenda-se entrar em contato com serviços profissionais de controle de pragas. Estes peritos podem avaliar a situação e aplicar métodos de controlo mais eficazes e seguros.

Como matar vespas de forma rápida e eficaz

Spray inseticida para vespas, vespas e vespas asiáticas 750 ml Remi


🐝O spray inseticida Remi Avispas (Fly C) é altamente eficaz na eliminação de vespas, vespas e insetos voadores em geral. A sua fórmula também é eficaz contra vespas asiáticas. Este produto é adequado para utilização no exterior, incluindo telhados, beirais, terraços, janelas, sótãos, frestas, calhas, entre outros. Seu diâmetro de ação abrange até 5 metros, garantindo proteção ampla e eficaz contra pragas de vespas e outros insetos voadores.


APLICATIVO


É importante ler atentamente o rótulo do produto antes de usar. Não deve ser pulverizado em alimentos ou utensílios de cozinha, nem em superfícies onde os alimentos são manuseados, preparados ou serão servidos ou consumidos. Evite aplicar o produto na presença de pessoas e/ou animais de estimação. Recomenda-se ventilar adequadamente a área antes de entrar no ambiente onde foi realizada a aplicação.


COMPOSIÇÃO QUANTITATIVA POR 100 g

Tetrametrina………..0,10%Permetrina………..0,10%Butóxido de piperonila………..0,40%Solvente e propelente csp.....100%

💬 Recomendações de uso do Spray Inseticida.


  • A aplicação aérea do produto deve ser direcionada para os cantos superiores do recinto, evitando pulverizar diretamente sobre objetos.
  • Para tratar ninhos de vespas, o produto deve ser pulverizado, direcionando a saída para a área onde está localizado o ninho de vespas, preferencialmente fazendo esta ação à noite.
  • Após o tratamento, é importante limpar e enxaguar com água potável as superfícies que possam entrar em contato com pessoas, principalmente crianças.
  • É fundamental evitar o contato com superfícies que tenham sido tratadas ou expostas ao produto.
  • O produto não deve ser aplicado junto com outros produtos químicos.
  • Recipientes vazios, restos de produtos e quaisquer outros resíduos gerados durante a aplicação devem ser considerados resíduos perigosos.
  • É importante descartar esses resíduos de acordo com as normas vigentes.
  • Esses resíduos não devem ser descartados em pisos não pavimentados, cursos d’água, pias ou ralos.

Armadilha ecológica para vespas com atrativo


Informação do produto.

  • Uma armadilha reutilizável projetada para capturar vespas, vespas, moscas e moscas.
  • Totalmente amigo do ambiente e reutilizável, o nosso atrativo permite-lhe manter o seu jardim livre de insetos irritantes como vespas, vespas, moscas e moscas.

Instalação fácil:

  • Despeje aproximadamente 100 ml de atrativo de vespas na armadilha.
  • Adicione entre 100 e 150 ml de água, enchendo o sifão até o nível indicado e feche-o.
  • O ideal é colocar a armadilha em uma área com sombra, perto de áreas onde você tenha problemas com esses insetos.
  • Repita este procedimento quando o nível do atrativo cair devido à evaporação ou quando a armadilha estiver cheia de insetos presos.
  • A instalação ideal é colocar uma armadilha a cada 10 metros lineares.

Dispensador Aerossol Preben Branco 250ml




O mini dispensador LCD da Masso oferece grande flexibilidade de programação, permitindo um controle completo e personalizado para todas as aplicações. É fácil de programar e a linha Preben permite selecionar intervalos de 5, 10 ou 15 minutos, bem como horário de início e término e frequência de pulverização. Com este sistema, as necessidades individuais de cada cliente podem ser atendidas.



Uma carga de 250 ml pode durar aproximadamente 30 dias no modo spray de 15 minutos e uso de 24 horas. As baterias de 2 células podem durar aproximadamente 60 dias com o mesmo método de uso.

❗ A mentira do veneno para vespas e o Repelente Caseiro

É muito comum buscar remédios caseiros anti-vespas na internet com a intenção de ser mais rápido e economizar dinheiro. Mas o que muitas vezes não consideramos é a profissionalidade dos produtos ou das pessoas que nos aconselham a seguir esses passos. Esses são alguns dos mitos que são vendidos na internet prometendo uma eficácia imediata e resultados espetaculares, mas que na realidade não servem para nada. Aqui deixamos 3 recomendações caseiras para afugentar as vespas que não são verdadeiras.

⛔ Afugentar as vespas com vinagre


Outra possibilidade para se livrar das vespas é criar uma armadilha com vinagre. É um remédio caseiro que não vai custar muito e você pode fazer por conta própria. Para isso, você precisa cortar uma garrafa de água e colocar vinagre. O único que você deve fazer é deixá-la ao ar livre por um tempo prudente para que as vespas caiam na garrafa.

Use aromas cítricos.

O limão e a laranja ajudarão a afugentar as vespas, pois esse cheiro é muito forte. Você pode colocá-los em sua cozinha para que seja mais eficaz.

Use objetos que reflitam luz .

Um método de afugentá-las é pendurar objetos na sua janela ou em um galho de árvore um objeto que lhes reflita luz, pois emite um comprimento de onda que as cega e as afasta.

Perguntas Frequentes Sobre a Vespa Caça-Tarântulas (Pompilidae)

O que acontece se uma vespa caça-tarântulas me picar?

A picada de uma vespa caça-tarântulas pode ser muito dolorosa, mas raramente é fatal para os humanos. Apesar de sua picada ser intensamente dolorosa, o veneno geralmente não representa um perigo grave, a menos que a pessoa seja alérgica. Recomenda-se aplicar gelo na área afetada e procurar atendimento médico se sintomas graves ocorrerem ou se houver alergia a picadas de insetos.

Qual é o nome da vespa que mata tarântulas?

A vespa que mata tarântulas é conhecida como "vespa caça-tarântulas" ou "tarantula hawk" em inglês. Cientificamente, pertence ao gênero Pepsis ou Hemipepsis, dependendo da espécie específica. Essas vespas são predadoras de tarântulas e usam suas picadas para paralisá-las e, em seguida, depositar seus ovos no corpo da aranha.

Que relação pode manter a vespa Pepsis com uma tarântula?

A vespa Pepsis mantém uma relação parasitária com a tarântula. A fêmea da vespa caça-tarântulas procura ativamente a tarântula e a paralisa com sua picada. Depois, deposita seus ovos no corpo da aranha paralisada. Quando as larvas da vespa eclodem, alimentam-se da tarântula viva até estarem prontas para emergir como adultos. É uma relação de parasitismo onde a vespa utiliza a tarântula como hospedeiro para completar seu ciclo de vida.

Que bicho é o São Jorge?

"São Jorge" é uma forma coloquial de se referir ao inseto conhecido cientificamente como Stenolemus bituberus. É um inseto predador pertencente à família Reduviidae e é nativo da Austrália. Recebe seu nome comum devido à sua semelhança com um dragão ou criatura mitológica, e associa-se à celebração de São Jorge devido ao seu aspecto distintivo. Este inseto se alimenta principalmente de outros insetos, incluindo aranhas, e é conhecido por sua habilidade de se camuflar e emboscar suas presas.